View photo
  • 1 day ago
  • 2025
View photo
  • 3 days ago
  • 1148
View photo
  • 4 days ago
  • 3
View photo
  • 4 days ago
  • 37
View photo
  • 4 days ago
  • 136

Não sei direito como dizer ou como me explicar, eu só sei que a madrugada é a melhor hora do dia. Não há som, não há perturbação. A única coisa que há na madrugada é o silêncio e sua mente. Ou melhor, o som do silêncio. E às vezes algumas garrafas de cerveja, é claro.

Esse texto não é nada demais. Não é um texto que pretendo ter likes ou reblogs. É apenas um texto que diz à respeito do quanto a madrugada faz bem a mim e talvez possa fazer bem a você.

Não há melhor momento pra você por sua cabeça e suas ideias no lugar do que num momento como esse.

É nesse momento que você pensa na pessoa que você ama, por mais que você seja idiota em amar essa pessoa, é nesse momento que tudo faz sentido ao pensar nela. Ou até quando esse amor é recíproco, esse momento faz com que você se sinta ainda mais completo ao levar seu pensamento na pessoa amada.

Enfim, é na madrugada, enquanto você alinha seus pensamentos, que o mundo parece ser melhor e mais prazeroso de se viver. Eu não acharia nenhum pouco ruim viver uma vida em que eu dormisse durante o dia e ficasse acordado durante a noite, pois eu acredito que o dia, é como todo um saco, uma enganação, onde a pessoas forçam muito a barra tentando ser o que não são.

Na madrugada você pode ser você mesmo, viver sua loucura, intensificar suas fissuras, e até mesmo viver com mais doçura (sim, “doçura” foi só pra rimar). Em outras palavras, a madrugada é o momento exato em que você pode ser você mesmo 100% sem estar pouco se fodendo pra nada nem ninguém.

Mas enfim, é isso. Só queria registrar o quanto eu curto a madrugada. A escuridão. O silêncio. A minha própria companhia. As cervejas que estão ao meu lado nesse momento. E por mais que isso seja estranho, eu não troco esses meus gostos por nada. Eu estou meio bêbado nesse momento mas foda-se. :D

View text
  • 4 days ago
  • 1
View photo
  • 4 days ago
  • 27637
View photo
  • 4 days ago
  • 207184
View photo
  • 4 days ago
  • 8283
View photo
  • 6 days ago
  • 452
View photo
  • 6 days ago
  • 638
View photo
  • 1 week ago
  • 10

são Paulo
05:03 dá manhã sinto a ferrugem,telefone continua calado.
Chegou em casa tomo meu wisky e alimento mais a minha solidão.
O gosto amargo insiste em permanecer no meu corpo corpo…corpo…corpo…está nú…
Gelado com o peito ardendo,gritando por socorro,prestes a cair do 14° andar… A sacada é curta o grito e inevitável.
Eu vou acordar o vizinho , eu vou riscar os corpos,eu vou te telefonar…
E dizer que eu só preciso dormir…

Ira—Flerte fatal (via guilhermelvs)
View quote
  • 1 week ago
  • 3
View photo
  • 1 week ago
  • 19289
View photo
  • 1 week ago
  • 4778
x